07 fev, 2010

A Tal Universidade

Segunda-feira, 1º de fevereiro de 2009. Lá estava eu, descendo do carro do meu pai, indo em direção à roleta – que estava liberada, por conta dos calouros que ainda não tinham carteirinhas – que me levaria a três corredores diferentes. O último deles bem comprido, que me levaria ao prédio D, de Comunicação Social. Pensei com convicção “Sou veterana. Já sei qual é a programação. Já sei onde fica meu prédio. Já sei onde fica o estúdio de… De… De que é mesmo? Droga, não sei onde é o estúdio.” Eis que eu vi uma placa impressa em papel sulfite indicando para a direita onde ficava o estúdio. “Firmeza, tô ligada onde é.” Dei alguns passos, ficando de cara com o laboratório de Computação Gráfica e um corredor virando à direita. Fiquei[...]
continue lendo
14 jan, 2010

Untitled

Quando tudo parecia melhor impossível, o castelo de carta começou a se desmoronar. Pessoas que eu achava serem minhas amigas se afastaram de mim. Uma a uma. Eu posso parecer forte por fora, mas por dentro estou chorando. Elas levaram um pedaço de meu coração; Cada uma delas. Achei que amizade era para sempre. Achei que amizade era forte o suficiente para ultrapassar altos e baixos, mas, mais uma vez, eu me enganei. Cansei de ser idiota a ponto de colocar tanta confiança assim nas pessoas. Simplesmente cansei. Cansei de deixar minha vida social de lado por pessoas que nem merecem minha amizade, que, eu juro de todo o meu coração, é verdadeiramente verdadeira. Entrego-me de coração e alma para as pessoas que eu julgo serem minhas amigas. Mas eu estava enganada. Todo esse tempo[...]
continue lendo
03 jan, 2010

Bye, 2009. HELLO, 2010!

Não vou dizer que 2009 foi um ano fácil para mim. Pelo contrário, foi muito difícil. Minha mãe teve que passar por uma cirurgia complicada. Ela passou mal praticamente oito meses no ano, antes e depois da cirurgia. Minha irmã ficou grávida. Eu acabei a escola e não consegui cursar a faculdade por conta do preconceito aos bolsistas do ProUni. Eu conheci minha melhor amiga de todo o mundo e vi que ela é realmente do jeitinho que eu pensava. Chorei e sofri muito por conta de sentimentos estranhos que me faziam acordar todas as noites. Chorei de raiva, de emoção, de saudade, de alegria, de orgulho, de dor, por perder pessoas que eu achava que amava. Sorri várias vezes, compensando as vezes que eu chorei. Fiz piada do cabelo da vizinha,[...]
continue lendo
23 dez, 2009

So this is Christimas

Eu ia fazer um post falando como 2009 foi importante para mim e o que houve de tão importante, mas deixa isso pro post de ano novo. 😀 Minha sobrinha (Clarice) nasceu no último dia 4, que foi uma sexta-feira. Ela é a coisa mais linda que eu já vi. Sem mentira! Foto aqui embaixo para comprovar. lol Eu passei a noite inteirinha acordada no hospital com ela no colo e cantando para ela pelos corredores do hospital. Juro mesmo, ela só dormiu quando eu cantei Falling In Love do McFLY. Até eu fiquei Me amarrota que eu tô passada quando eu terminei de cantar e ela tava dormindo. Achei que ia conseguir dormir, pelo menos, uma hora (já passava das 5 da manhã!), mas quando eu me recostei à cadeira fofinha[...]
continue lendo
01 dez, 2009

I’m back

Vocês não iam ficar tanto tempo longe de mim. (h) MA OE! OOOOOOE, PESSOAS! Comportaram-se bem em minha ausência? Espero que sim. Eu tenho taaanta coisa pra falar, mas, ao mesmo tempo, tenho nada. Como disse no post anterior, eu fui à Bueno Brandão, em Minas Gerais. Fiquei três dias lá no meio do mato, somente escrevendo minha fanfic e tentando ler Dom Casmurro. Mas não… Não li. Minha cabeça se encontrava muito cheia de ideias para a minha fanfic nova pra eu ficar lendo outra coisa. Fiquei esses três dias sem tecnologia, tirando meu smartphone, onde eu escrevia. Mas vocês não tem noção! Era sem teconologia e sem cobertura do meu celular!! AAAAAH! Quando eu consegui o sinal – bem do alto de uma montanha, onde meu pai, o primo da minha mãe[...]
continue lendo